Tags

 O amor é consciente de si mesmo. É um impulso criativo; não tem outro propósito além de preencher a si mesmo.  O ser humano é perfeito em suas imperfeições. Preciso aceitar que, quando alguém me parece estar se movendo muito devagar em determinada direção, é porque esta é sua única maneira de percorrer aquele caminho. A mesma coisa acontece com o amor.

Anúncios