Tags

 “Às vezes nós mesmos manifestamos o inexpressivo – em arte se faz isso, em amor de corpo também – manifestar o inexpressivo é criar. No fundo somos tão, tão felizes!  pois não há uma forma única de entrar em contato com a vida, há inclusive as formas negativas!  inclusive as dolorosas, inclusive as quase impossíveis – e  tudo isso, tudo isso antes de morrer, mesmo enquanto estamos acordados!”

Anúncios